Return to News Categories

ALL NEWS SECTIONS:
MOST POPULAR SECTIONS:
Cattle - Hogs / Livestock News Currencies News Energy News Grain News Index News Interest Futures News Metals Futures News Reports: Crops, CFTC, etc Soft Commodities News

Futures and Commodity Market News

CÂMBIO: Dólar acelera ganhos digerindo decisão do STF, atento ao exterior

Nov 08, 2019 (Grupo CMA via COMTEX) --

São Paulo, 8 de novembro de 2019 - Pressionado desde a abertura dos negócios, o dólar acelerou os ganhos frente ao real e busca o nível de R$ 4,16 ainda reagindo ao exterior mais negativo para moedas de países emergentes em meio aos ruídos envolvendo as negociações entre Estados Unidos e China, enquanto aqui, investidores domésticos exibem cautela aguardando os desdobramentos da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). Às 15h10 (de Brasília), a moeda estrangeira avançava 1,39%, cotada a R$ 4,1510 para venda no mercado à vista, depois de renovar máximas a R$ 4,1580 (+1,56%). O contrato para dezembro operava em alta de 1,25%, a R$ 4,1550. Lá fora, o Dollar Index subia 0,25%, perto dos 98,400 pontos. "Boa parte dessa depreciação vem do exterior com a Casa Branca desmentindo a ideia esplanada pelos chineses de que os Estados Unidos e a China retirariam as tarifas já cobradas após a assinatura da fase 1. Isso deu uma estressada no mercado lá fora e respinga diretamente nas moedas emergentes e exibe uma aversão ao risco global", comenta a economista-chefe do Ourinvest, Fernanda Consorte. A outra parte da desvalorização do real, ressalta a economista, vem do "medo" do mercado quanto ao fortalecimento que a oposição pode ter com a liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva após a decisão do STF, ontem. "A questão é a força que a esquerda passa a ter com o Lula livre. Se o governo do presidente Jair Bolsonaro já se atrapalha por si só, imagina com um possível fortalecimento da oposição em meio à liberdade do ex-presidente", avalia. Consorte lembra que a forte depreciação do real, não só na sessão, como ao longo da semana ainda é reflexo do megaleillão do pré-sal com a percepção de que o investidor estrangeiro não tem interesse no Brasil. Flávya Pereira / Agência CMA Copyright 2019 - Grupo CMA

Please read the End User Agreement.
By accessing this page, you agree to the terms and conditions of the End User Agreement.

News provided by COMTEX.


Extreme Futures: Movers & Shakers

Hottest

Actives

Gainers

Today's Hottest Futures
Market Last Vol % Chg
Loading...

close_icon
open_icon